Os desafios de ser católico

A oração frutuosa
6 de junho de 2019
A vida sobrenatural
12 de junho de 2019

 

 

Os desafios de ser católico

 

Por Pe. Frei Marcelo Aquino, O. Carm

 

Louvado seja Nosso Senhor Jesus Cristo!

 

A vida é uma centelha de desafios, quem não compreende assim não saberá viver bem neste mundo enfrentando todos os problemas inerentes à vida humana. Mas esses problemas são existentes em todas as esferas da vida, não só na familiar, na profissional, mas em todos os seguimentos e inclusive no seguimento religioso.

Caros irmãos, deveis saber que para prosseguir no seguimento de Nosso Senhor, havereis de encontrar muitos desafios, pois o caminho certo de Deus é terrível aos olhos do inimigo de nossas almas, ou seja, no nosso caminho aparecerão vários obreiros do mal para fazer-nos apostatar do aprisco de Cristo A Igreja Católica.

Para poder obter o progresso espiritual necessário para completar nossa missão de batizados, se faz necessário uma vida de oração e penitência, é preciso ter plena consciência que as penitências são importantes para a nossa alma pecadora. Ser católico é a maior graça que uma alma pode obter nesta vida terrena, é um favor divino sublime, e é justamente por isso que as potencias do mal tentam nos fazer desviar do caminho de Deus. É urgente que os católicos aprendam a alimentar o espírito com fervorosas orações para vencer as forças do inferno que agem contra nós.

Quando o cristão católico toma consciência do caminho sublime que trilha, ele passa a buscar alcançar a perfeição do caminho de Deus, sendo assim, saberá administrar os problemas que surgirão ao longo do caminho, para que nossa caminhada seja menos penosa, devemos cultivar o gosto de frequentar o tribunal da misericórdia- o confessionário não jogue fora a oportunidade de receber de Deus a absolvição dos nossos pecados.

Sendo auxiliados pelos favores divinos, por meio da vida de oração, certamente deveremos alcançar a graça de passar menos tempo no purgatório. Mas aprendamos também a suportar com paciência nossas tribulações por amor a Nosso Senhor Jesus Cristo que tanto sofreu por nós.

Os desafios que enfrentarmos nesta vida não será nada, se nossa união com Nosso Senhor for cada vez mais profunda. Aqueles que andam com Cristo não conseguem sentir a dor dos sofrimentos, ou se sentem são tornados suportáveis, pois a presença de Deus em nossa vida nos garante um alívio na noss’alma que nos eleva as alturas celestes.

Quando se tem consciência, do propósito que abraçamos, ao nos decidir por Cristo Jesus, todas as barreiras se tornam leves, mas, às vezes nos desesperamos por achar que ninguém sofre mais que nós, é quando caímos em nós mesmos e relembramos que muito mais sofreu Nosso Senhor, e muitos de nossos irmãos ainda hoje têm sofrimentos superiores aos nossos.

A alma do católico convicto da fé não me refere aqui a “católico não praticante”, pois esse não existe, mas os católicos que sabem que ser católico é um privilégio, essa alma é agraciada das mais copiosas bênçãos de Deus em todos os sentidos. Para estes não é muito pesado ser ridicularizado por preferir receber Jesus diretamente na boca e de joelhos, também não é muito pesado ser ridicularizado por preferir confessar-se no confessionário, como não é demasiadamente pesado ser ridicularizado por não concordar com palmas na missa.

Os desafios para seguir Jesus Cristo em sua Igreja são enormes, justamente para testificar que essa é a Igreja Verdadeira, seu Divino Fundador também fora perseguido, também seus seguidores o serão. Seguir Jesus Cristo é uma caminhada árdua como foi o caminho trilhado por Cristo Jesus até o calvário, a nossa vida não pode ser diferente.

Quanto maior for nosso amor a Jesus Cristo, maior será nossa felicidade, e assim se tornará menos penoso o nosso caminho.

Ser católico antigamente era muito mais fácil, pois não existiam as seitas tentando nos levar para o caminho da perdição, mas precisamos ser firmes no seguimento de Jesus, não podemos deixar que as dificuldades os desafios dos dias de hoje, nos tire a alegria de pertencer à única Igreja de Cristo Jesus.

Os desafios servem para serem superados e não para nos travar no nosso caminho, aprendamos a passar por cima dos desafios tendo Cristo Jesus como nossa meta nesta vida, o nosso porto seguro, ali descansaremos em sua barca e seremos acalentados por Ele, por não termos desistidos de prosseguir, pois disse Nosso Senhor Jesus Cristo, mas quem perseverar até o fim será salvo (Mt 24,13). O caminho indicado por Nosso Senhor é árduo, mas não é enganador, é um caminho certo, aliás, o único caminho certo.

Com um pouco de reflexão e oração, retomamos a caminhada rumo ao reino definitivo de nosso Deus. A esperança é a bússola que nos guia nesse caminho, nosso Senhor é quem nos reanima dizendo, coragem eu venci o mundo. (Jo 16, 33).

 

 

 

 

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *