O fenômeno do desprezo à Eucaristia

O destemor do sacerdote que usa batina
8 de agosto de 2019
O esvaziar das vocações
12 de agosto de 2019

 

 

 

O fenômeno do desprezo a Eucaristia

 

 

Por Pe. Fr. Marcelo Aquino, O. Carm.

 

 

            Nunca se ouviu tantos relatos como ouvimos hoje de desprezo por parte dos ministros sagrados com relação a Santíssima Eucaristia, e o mais agravante disso tudo é que eles são irreverentes e não permitem a reverencia por parte dos leigos.

A Igreja passa por um momento delicado em sua história recente, cada dia que passa se constata que os inimigos da Igreja estão dentro dela. O mistério da iniquidade parece ter tomado conta dos sacerdotes que eles ao invés de se manterem como defensores das coisas da fé, se tornam como detratores dela.

Esse fenômeno constatado em várias paróquias demonstram uma grande defasagem na formação dos ministros sagrados, eles têm  chegado a ordenação presbiteral sem ter consciência do valor da Santíssima Eucaristia, e muitas vezes foram doutrinados contra ela e chegam a dizer que não acreditam ser a Eucaristia a presença real de Nosso Senhor Jesus Cristo, aqui constatamos que essas pessoas estão no lugar errado, a Igreja Católica vive da Eucaristia, sem a Eucaristia não somos católicos.

Por esses comportamentos percebia o crescimento de ataques a Santíssima Eucaristia, cada dia que passa recebemos novas notícias de sacrários que foram profanados e quando não são sacrários são as imagens das igrejas e quando respiramos aliviados por não ver notícias desta natureza, ficamos sabendo de pessoas que foram impedidas de comungar por estar com um véu na cabeça, ou por está de joelhos.

Nosso Senhor Jesus Cristo sofre novo calvário com o desprezo ao Santíssimo Sacramento e nós muitas vezes nada fazemos para reparar esse ato de desamor a Deus, precisamos formar uma cruzada Eucarística para poder restabelecer a dignidade da Santíssima Eucaristia.

Mas não pensem que o desprezo a Santíssima Eucaristia se dão apenas quando uma destas coisas acima acontecem, todas às vezes que o sacrário nas igrejas são tirados do centro da igreja acontece uma afronta a Nosso Senhor, toda vez que um sacrário não é digno, mas parece outra coisa, toda vez que uma igreja não parece Igreja, tudo isso concorre para o desprezo da Eucaristia e precisa urgente ser reparado.

 

Quando cresce o desprezo a Jesus na santíssima Eucaristia, diminui o auxílio Divino em nosso favor, isso não significa que Deus se vinga de nós, mas com nossa (conduta) nós rejeitamos a Jesus.

Mas todas às vezes que pleiteamos um maior respeito e dignidade para a santíssima eucaristia os relativistas respondem que nós devemos amar é os pobres, como se o amor a uma coisa anulasse a outra, e o que vemos, na prática é justamente o contrário, quem despreza a santíssima eucaristia e tenta colocar na cabeça do povo que aquilo é um pão simbólico, na verdade, não tem mais a fé católica e são uns parasitas na Igreja tentando destruí-la por dentro, eles mesmos não fazem nada pelos pobres além do belo discurso, ao passo que os que amam a Eucaristia e procuram dar o maior respeito possível se veem impelido a amar os necessitados.

Nosso Senhor já está muito ofendido dizia a irmã Lúcia em Fátima, precisamos urgente fazer atos de reparação, recuperando a piedade popular a respeito do pão vivo descido dos céus e das devoções marianas e dos outros santos, pois, estes são os instrumentos que a Igreja sempre usou ao longo de seus dois mil anos, e são esses mesmos instrumentos que devemos usar para restabelecer a verdade de Deus que está sendo vilipendiada.

Amemos a Eucaristia com todas as nossas forças, façamos adorações ao santíssimo sempre que possamos, façamos visitas aos sacrários das nossas igrejas, digamos a Jesus que nós queremos reparar as ofensas que os seus ministros têm cometidos juntamente com os inimigos da fé verdadeira.

Só o amor dedicado a Deus com profundeza pode reparar o desamor dos homens, é com amor que reparamos a falta dele e se os homens não querem se voltar para Deus então façamos nós a nossa parte e peçamos a Deus a força para resistir a todos os ataques que o santíssimo sacramento vem sofrendo em nossos dias.

Também podemos oferecer as nossas confissões pela conversão dos pecadores, eles precisam de nossas orações, especialmente os sacerdotes por terem se desviado de sua sublime missão, para que voltem quanto antes ao regaço acolhedor de Nosso Senhor Jesus Cristo nosso sumo e eterno sacerdote e porto de salvação!

2 Comentários

  1. Lari Oliveira disse:

    Frei,sua bênção!
    Realmente, hoje há muito desamor por parte dos Ministros ordenados..que A VIRGEM MARIA ,MAE do SANTÍSSIMO SACRAMENTO, venha ajudar esse mundo rebelde a adorar a DEUS.

  2. B FILOMENA A VIEIRA SILVA disse:

    Texto muito didático e por isso esclarecedor! Oremos🙏🏼🙏🏼🙏🏼

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *