A defesa da Santíssima Eucaristia

Redescobrir a oração
15 de junho de 2019
A crise na Igreja
25 de junho de 2019

 

A defesa à Santíssima Eucaristia

 

Por Pe. Frei Marcelo Aquino, O.Carm

 

Ultimamente estamos vendo acontecer vários tipos de profanações nas igrejas católicas, especialmente contra o Santíssimo Sacramento e as imagens da Beatíssima Virgem Maria, em partes, podemos dizer que nós católicos temos culpa nisso, por vários motivos, vou elencar alguns.  Primeiro não estamos dando o devido testemunho a respeito da Santíssima Eucaristia, muitas vezes se comunga com muitos anos sem confessar-se, depois se pega o Santíssimo Sacramento de qualquer jeito, dando a entender que as pessoas não sabem o que vem a ser aquele pão sagrado.

A defesa à santíssima Eucaristia não se dá com lutas e cruzadas, mas com a demonstração de amor ao Santíssimo Corpo de Cristo, Nosso Senhor é ultrajado pelos próprios “católicos” que não prestam quase nenhuma reverencia ao comungar.

As mulheres que se dizem devotas de Nossa Senhora, não demonstram isso com a vida, em raras exceções, mas se vestem como uma mulher qualquer e com essas roupas vão à Igreja e tomam parte no sacrifício de Nosso Senhor, veja bem, não se trata aqui de moralismo, como normalmente podemos ser acusados, mas da busca da modéstia, para nos assemelhar a Maria Santíssima, modelo de modéstia na Igreja.

Não se pode conceber um devoto da Santíssima Virgem, vivendo como se não a conhecessem, e muito menos um devoto da mãe de Deus relutar contra os atos de piedade a Jesus no Santíssimo Sacramento. Ou somos devotos da virgem Maria e buscamos imitar suas virtudes, ou não somos, pois ser devoto de um santo é o fato de levarmos em nossas carteiras e nossas bolsas a estampa da sua imagem, ou termos em casa sua imagem, mas ser devoto de um santo é antes de tudo imitar sua vida de santidade.

É de clamar aos céus um “fiel” achar que tem direito de receber a Eucaristia de qualquer jeito, pois, essa conduta só reforça aos inimigos da Igreja a tese de que a Santíssima Eucaristia não é Jesus, mas apenas um pedaço de pão. Ao agirmos desta forma estamos oferecendo um desserviço a Igreja, e atraímos os inimigos da salvação para promover profanações ao Santíssimo Sacramento e as sagradas imagens de Nossa Senhora e dos santos.

Será que nós nos importamos com o sacrilégio cometido contra o Santíssimo Sacramento promovido pela seita universal? Será que nos indignamos com a profanação feita contra partículas em uma exposição em Porto Alegre? Isso deve nos levar a pensar onde estão nossos sentimentos de amor e veneração as coisas sagradas da nossa fé.

Por isso, é urgente que nós católicos busquemos instruir nossos irmãos na fé, para que eles tomem conhecimento e mais que conhecimento, eles tomem consciência dos atos de impiedade que vem praticando, sobretudo na participação da santa Missa.

O amor a Deus será maior em nossas vidas a partir momento que redescobrirmos o altíssimo valor do Santíssimo Sacramento, caso contrário estaremos na Igreja como se fôssemos protestantes, pois é assim que eles veem a eucaristia. A nossa missão é árdua, precisamos reposicionar o lugar de Deus na nossa vida.

Busquem, no entanto, demonstrar o máximo possível à verdadeira postura que os fiéis devem ter na santa Missa, profundo silêncio e concentração, eliminar as palmas e o levantar de braços, pois a santa Missa, não é um show, mas lugar de sacrifício e recolhimento.

Na medida em que nós formos nos reeducando na fé, vamos afastar os maus costumes que em nada contribuem para a nossa vida espiritual, nossa relação íntima com Deus, agindo assim vamos alcançar o gozo do céu que nos vem pela participação na santa Missa e que Deus nos quer distribuir com largueza.

Recorramos a salutar reza do Rosário, oração predileta de Nossa Senhora, para poder vencer essa guerra contra o satanás que tem promovido repetida profanações ao Santíssimo Sacramento e as sagradas imagens.  Não devemos nos preocupar com a demonstração de amor a Deus por meio de palavras, lembremos que um gesto fala mais que mil palavras, e rezemos pelos sacerdotes que não tem piedade com a Santíssima Eucaristia.

A luta contra o poder das trevas não vai começar, já começou, portanto, nos preparemos para lutar contra o mal, pois Deus conta com nosso empenho e amor para estabelecermos no mundo o amor a Deus e o triunfo do Imaculado Coração de Maria Santíssima, ela que pisa na cabeça da serpente, nos espera na defesa dos valores cristãos católicos.

Ninguém se sinta desanimado, Deus e Nossa Senhora estão ao nosso lado, e se Deus é por nós quem será contra nós? (Romanos, 8, 31-39). Avante com a Bem Aventurada Virgem Maria, ela que avança como a aurora, terrível como um exército em campo de batalha.

Apoiemo-nos em Deus para conseguirmos realizar nosso intento em defesa da fé e da verdade.

2 Comentários

  1. Frei Mário Vinícius, OC disse:

    Parabéns meu confrade querido, pelo seu belo texto e mais que palavras, pelo seu testemunho com a vida. “Recorramos a salutar reza do Rosário, oração predileta de Nossa Senhora, para poder vencer essa guerra contra o satanás…” Lembo-me de nossas conversas fraternas sobre a oração do Ofício da Imaculada, grande graças alcançam os devotos da Santíssima Virgem. Obrigado pelo apostolado e até breve!

  2. Janaina Lucia disse:

    Muitos perderam o respeito e a piedade!
    O Bom Deus, disse que faria morada no 💙 dos pobres… Que doce meditação, lembrar dos 3 reis magos, que deixaram tudo para ir ao encontro de Jesus e adorá-lo, um levou o ouro – suas boas obras, o outro incenso – suas orações e o outro a mirra – podemos configurar como nossos sofrimentos, lágrimas, arrepedimentos…
    Reis de fato , que deixaram tudo: seu palácio, seus servos… pelo TUDO!!!
    Priorizamos coisas necessárias e secundárias em nossa vidas, mas muitas vezes não priorizamos o essencial!!
    Como dizia Santo Afonso Maria de Ligório, daremos conta ao Bom Deus de todo o nosso tempo e quantas almas se lamentarão eternamente, por tanta frieza e indiferença.
    Senhor dai me um 💙 eucaristico, que eu só procure a Sua amizade, Seu Santo consolo e aceite as Suas necessárias correções para purificação minha pobre alma.
    Que a minha alma tenha horror ao pecado , desapego do mundo e que eu procure somente a Vós!
    Pão Vivo Descido do Céu, Banquete Celestial, doce alimento da minha alma! Eu pobrezinga serva, em cada missa espero este doce encontro, saio suspirando de alegria, como sou feliz e agradecida por cada Santa Missa!!!
    Uma coisa Vós súplico de todo coração, estar Contigo todos os dias da minha vida. Não permita, que nada me separe de Vós! Amem!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *